Se você odiar essa história,desculpe,ela não foi escrita para você. Mais eu quero acrescentar: AFINAL TALVEZ TENHA SIDO.

"A Cabana"

domingo, 8 de julho de 2012

na Ilha do Colibri


As fotos postadas nesse blog são as fotos na minha visão pessoal, as fotos técnicas e direcionadas ao evento com  o texto detalhado, podem ser encontrados no portal MUNDO MULHER Globo.com,no blog oficial da Prefeitura Municipal de Quatis e na Revista www.biapias.com.br e em outros portais e jornais impressos como o Jornal Tribuna do Vale. 

ILHA DO COLIBRI NA VISÃO PESSOAL de Bia Pias


Contemplando o Rio Preto "Pela sua capacidade de me olhar devagar, já que nessa vida muita gente já me olhou depressa demais." ( Ilha do Colibri - Passa Vinte MG)




Das horas não dormidas nascem alegrias.
 O cansaço só se justifica quando fazemos o que amamos.



Sábado de descanso e evento para cobrir, isso para algumas pessoas seria o fim.
Mas digo que sábados assim são mágicos.
Mesmo quando alguém se acha "esperto" e tenta fazer os outros de otário, não tem problema, faço o que precisa ser feito e faço com sentimento. E isso transborda por todos os lados., reflete no texto, aparece na foto e vez ou outra chega até no Japão.
E ai vem a fama de chata, chata porque cumpre horários, prazos e agendas. Chata porque não faz vista grossa para o errado e porque acredita que a gente poder prestar um serviço público de qualidade.
Se tem que fazer que seja feito e que seja feito com AMOR!

Ahh desculpem pelo desabafo mas é que é complicado viver num mundo onde a maioria preza apenas pelos seus interesses próprios, ai fica fácil de entender a diferença entre as teorias clássica
Teoria Keynesiana, fácil muito fácil. Tem gente que não sabe trabalhar em coletividade, o seu EU prevalece e o bem comum vira conto de fadas.. .
Mas é vida que segue...vida boa por sinal!






Tarde de sábado de inverno lá me fui com a equipe de trabalho, cobrir mais um evento, e esse foi por uma causa especial:

MEIO AMBIENTE



O local foi a ILHA DO COLIBRI em Passa Vinte - Minas Gerais.
A causa foi a PRESERVAÇÃO DO RIO PRETO
O evento foi um missa celebrada pelo Bispo Francisco

MISSA?
Apesar de ser Crente louvo ao nosso Deus por ter me ensinado a amar e ter respeito pelo outro, louvo a Deus por me permitir ir numa missa a trabalho e ainda ser abençoada pelo povo que ali estava.
Sem preconceitos, sem criticas e sem diferenças, mente e corações abertos em prol de uma única causa...
NOSSO PLANETA!
A palavra do Bispo foi muito precisa e levou muitos a refletirem sobre o que temos feito com nosso planeta, o Bispo compartilhou sua ida na RIO +20  e sobre os inúmeros discursos sem ações que foram feitos ao longo desses dias.
Enfim, apesar de missa ser um evento religioso, essa foi muito bem direcionada ao mio ambiente...Foi um CLAMOR ao RIO PRETO...



Rio que nasce no Pico das Agulhas Negras e desemboca no Rio Paraibuna. Possui 200 km de extensão e é a divisa natural entre os Estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais, banhando as regiões Sul Fluminense, Sul de Minas e o sul da Zona da Mata. Apresenta águas escuras e frias, e com vegetação abundante junto às margens. Durante seu percurso encontram-se praias, corredeiras, piscinas naturais e quedas d'água propícias a banhos, além  de ilhas e ilhotas, bancos de areia e rochas em seu leito, destacando-se o Escorrega, o Poção da  Maromba e a Cachoeira da Fumaça, no Distrito de mesmo nome. É navegável em alguns trechos por pequenas embarcações. É um rio bastante piscoso, sendo a pesca de linha a mais comum. 



A missa foi realizada com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação do Rio Preto. A missa foi uma parceria entre as prefeituras de Quatis e Passa Vinte. Segundo os organizadores, a ideia é futuramente transformar este evento em um culto ecumênico. “A preservação ambiental é uma obrigação de todos nós, não só de católicos ou evangélicos”, disse uma das organizadoras do encontro, dona Graça d’Elias.

Ilha do Colibri


Miudezas do dia, contadas em fotos, frases e poesias


Há tanta grandeza no amiudado dos dias. Deste mal não quero sofrer: acostumar-me com as belezas do mundo.




As miudezas do dia de um povoado simples, hoje na Ilha do Colibri MG


Nossas vidas são definidas por momentos. 
Principalmente aqueles que nos pegam de surpresa.






É a saudade do lugar de onde eu vim 
E que um dia voltarei a contemplar


Eu fui criado para voar, ir mais além 
Ir mais distante, o infinito é o meu lugar


Nada termina, nada tem ponto final 
Nada se encerra onde os olhos podem ver



‎"Eu sou um território sem fronteira, coração não tem porteira mas quem manda aqui é Deus!"





Há os que escrevem com o silêncio. Os afeitos ao sombrio da estrada, o território que nunca pode ser visto com os olhos.

E a melhor parte ainda estava por vir...


Evento finalizado, viola, sanfona e roda de amigos.
A cantoria as margens do Rio Preto, regada de alegria, gente boa e simplicidade.
No céu um tapete de estrelas, era noite de inverno com ares de primavera.
Há dias em que o lugar comum é a única novidade que queremos.


CHAPÉU DE PALHA EM FALCÃO

Chapéu de Palha no Distrito de Falcão em Quatis, lugarzinho bom, aconchegante, administrado pela querida Virginia.



Bolsa by ESTILO CHIC




época de comer canjica

Fábio Carvalho e Lucia Laborão, amigos de trabalho.





Pra aliviar o coração que quer voltar 

O criador nos ensinou fazer canções

Pois no meu peito o desejo de cantar
Verso que falam sobre nós 

Claves que falam sobre Deus 

Asas que podem nos levar provar o céu





Só sei que foi assim....
Confiram as matérias na Revista BPIAS ASSESSORIA www.biapias.com.br e no Portal MUNDO MULHER.


Beijos nos vemos ao sol por ai...

Bia Pias
www.biapias.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUE DEUS TE HONRE E TE BENDIGA SEMPRE.
“E, tomando a mão da menina, disse-lhe: Talita cumi, que, traduzido, é:
Menina, a ti te digo, levanta-te”. (Marcos 5:41)